Una: Motoristas de ônibus reclamam das péssimas condições para estacionar - Cannes News

AUDIO

sábado, 12 de janeiro de 2019

Una: Motoristas de ônibus reclamam das péssimas condições para estacionar

Quem pode controlar e quem tem força para controlar. As empresas responsáveis por prestar o serviço, ou falta fiscalização e organização por parte do poder público municipal da cidade de Una?

Esse repórter esteve presente no trânsito entre Canavieiras e Ilhéus - e observou de perto o quão tá sendo difícil para os motoristas das empresas de ônibus que fazem as linhas Salvador, Jequié, Itabuna, Ilhéus com destino a Canavieiras ou vice e versa, em conseguir estacionar os ônibus no que resta ainda de plataforma.

O grande problema vem sendo causado pelos proprietários de carros pequenos que fazem lotação ou até mesmo de pessoa que vai aquela localidade. Eles têm estacionado os veículos muito próximos ou até dentro da primeira plataforma do lado esquerdo, atrapalhando a aproximação dos veículos de passageiros.

Na tarde desta última sexta-feira (11), como também na manhã deste sábado (12/01) a reportagem do Cannes News flagrou um ônibus que estava saindo sentido Jequié tendo que esperar os passageiros no fundo de outro ônibus expondo os passageiros a uma humilhação, por não dispor de vagas para estacionar, motivo?...Havia carros de passeios estacionados no perímetro de visão do motorista do ônibus, impedindo o mesmo de estacionar. Na manhã deste sábado (12/01) a mesma cena se repetiu, e os usuários assim como os motoristas, ficam chateados com as frequentes faltas de respeito.
Conversando com um comerciante do local que não quis se identificar, o mesmo contou que já se tornou rotineiro e que já houve vezes de motoristas do transporte de passageiros se negarem a esperar, por não ter aonde estacionar. Donos de caminhonetes, pick-up, e carros do tipo táxis não respeito os limites, fazendo vistas grassas para o que acontece com frequência.

Meu sonho é ver um dia, em que teremos um prefeito (a) que faça ser respeitado o direito dos passageiros embarcarem, sem ter que passar por humilhação, disse o comerciante.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.