Em Itabuna, mãe corta filho em pedações e ateia fogo - Cannes News

AUDIO

domingo, 26 de agosto de 2018

Em Itabuna, mãe corta filho em pedações e ateia fogo


Uma mulher de nome Rosemare de Oliveira, 39 anos de idade residente no Bairro da Califórnia em Itabuna sul do estado da Bahia, foi detida pela policia neste último sábado (25). A jovem é acusada de matar o filho renascido de apenas um mês de idade.  Segundo a polícia recebeu uma denúncia da família, informando que Rosemare, havia cometido um crime contra o filho, um recém-nascido, após a suspeita ter ligado para o irmão e informar à família que tinha matado a criança. A acusada alega ter matado por não ter recebido apoio de ninguém.

Baseado na informações da imprensa escrita de Itabuna, a genitora levou a guarnição da polícia em uma localidade conhecido por volta da cobra, o local onde enterrou o filho. Ao chegar ao local ela [Rosemare] mesma, desenterrou o corpo que estava embaixo de um pé de jaca e disse: “Coloquei ela dentro de uma sacola plástica, e depois joquei álcool e toquei fogo por duas vezes, depois enterrei”. Segundo informações da própria polícia, ela confessou que queimou o bebê, mas que ele já estaria morto, logo após mostrou o álcool utilizado para atear o fogo no bebê.  

O perito criminal Sérgio Murilo esteve no local e verificou que o garoto pode ter sido cortado antes de ser queimado, pois a mesma no momento da confissão ela estava portando um canivete que segundo ela. Perguntada para que ela usava aquele objeto ela falou: “Uso para me proteger”, bastante perturbada disse ser cristã e de família de evangélicos. Logo depois entregou o canivete para a delegada Drª Lisdeile Nobre responsável pelo caso.

Rosemare morava na cidade de Ilhéus, porém depois que a criança nasceu foi morar no Bairro da Califórnia em Itabuna. O corpo carbonizado foi encaminhado ao DPT, enquanto que a suspeita foi levada à  Delegacia. 


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.