Continua greve de seguranças do Hospital Costa do Cacau em Ilhéus “Direção emite nota” - Cannes News

AUDIO

terça-feira, 31 de julho de 2018

Continua greve de seguranças do Hospital Costa do Cacau em Ilhéus “Direção emite nota”



Os vigilantes do Hospital Costa do Cacau, em Ilhéus, com dois meses de salários atrasados, além de não receber auxílios transporte e alimentação, paralisaram as atividades no último dia (16). Até regularização das pendências, apenas 30% dos 28 vigilantes estão trabalhando. O hospital que pertence ao Estado é administrado por uma Organização Social, a Gerir, que responsabiliza a empresa Savana por não ter pago aos vigilantes.
Na manhã desta terça-feira (31) o blog Rede Brasil de Notícias trouxe em sua matéria, a nota de esclarecimento da direção hospitalar; “O Hospital Regional Costa do Cacau esclarece que o movimento reivindicatório dos vigilantes que desempenham suas funções nesta unidade de saúde não está relacionado ao não cumprimento de qualquer obrigação trabalhista por parte do hospital, e sim, direcionado à empresa terceirizada com a qual eles mantêm vínculo empregatício. Acrescenta-se que o hospital tem envidado todos os esforços possíveis no sentido de encontrar uma solução que atenda à legalidade, buscando resolver o impasse existente, e dessa forma, atender à justa reivindicação dos vigilantes”.
Vídeo - Jornalista Fábio Roberto
Segundo o sindicato, o pagamento dos profissionais é de responsabilidade da empresa Savana, que recebe repasse da Secretaria de Saúde da Bahia (Sesab), por meio do hospital. No entanto, o pagamento ainda não foi realizado pela empresa.
Em nota, a Sesab informou que tem feito pagamentos consecutivos e regulares à empresa Gerir, que é responsável por administrar o hospital. Segundo o comunicado, o último pagamento foi realizado no dia 17 de julho, no valor de R$5.159.680,96. (Cento e cinquenta e nove mil, seiscentos e oitenta reais e noventa e seis centavos).


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.